segunda-feira, 25 de abril de 2011

Primeiro POST: Quase ateu


Desde criança, fui criado num lar meio evangélico, digo “meio” porque tínhamos os costumes cristãos, mas não freqüentávamos igreja alguma. Na minha adolescência, conheci um amigo que me levou pra igreja dele e daí em diante eu “virei crente oficialmente”, me batizando e tudo mais. Fui evangélico por cerca de 5 anos, tempo suficiente pra ter muitas alegrias e conquistas, mas também ver muita sujeira , falsidade e decepção (assunto para outro POST).
Deixei a igreja na mesma época que entrei pra faculdade e foi aí que comecei a abrir meus olhos pra outras coisas, parei de olhar a bíblia como sendo o único livro verdadeiro e correto. Passei a ler e procurar sobre outros costumes, outras crenças, outras idéias... Minhas aulas de filosofia e sociologia do curso de Sistemas de Informação na faculdade me ajudaram bastante também a despertar este lado curioso que tenho hoje (porque privar conhecimento e tampar os olhos dos fieis não é sinal de livre arbítrio).
Recentemente comecei a ler bastante sobre Física Quântica, na qual tem teorias que tentam explicar, de forma cientifica, fenômenos espirituais, que até então, somente as igrejas explicavam em forma de mito.
Mas meu processo de “desevangelização” durou cerca de 4 anos, foi uma luta contra mim mesmo ter que aceitar algumas coisas.
Mas resumindo, hoje eu não consigo simplesmente engolir as idéias impostas por padres e em especial pelos pastores nas mais de 188.498 igrejas evangélicas somente do Brasil[1]. Mas por outro lado, não consigo tragar a teoria dos cientistas (que nem eles mesmos acreditam ser verdade) de que do nada uma minúscula massa, infinitamente densa explodiu e deu origem a tudo que existe na mais perfeita ordem, desde as mais simples partículas, até os mais complexos sistemas e leis da nossa física.
E só pra completar, uma frase da própria Bíblia Cristã, escrita por Paulo: “Observai tudo e retém o que é bom”. Pois é isso que digo a vocês, procure conhecer de tudo, e experimentar de tudo. Se uma dessas experiências lhe trouxer paz interior e você julgar ser bom,VIVA ISSO! Mas não deixe de viver sua vida e ajudar ao próximo quando possível.

Ahh, já ia me esquecendo. Lembram daquele amigo que falei no começo do POST, que me levou pra igreja dele? Então, sabem o que ele é hoje?? ATEU.

Até a próxima, e nunca parem de pensar!

[1] Número estimado em 2004 segundo IBGE.

Um comentário:

  1. Muito bem pensado Diego San

    Concordo contigo e com as palavras de Paulo... É preciso abrir as portas da percepção.
    Muita coisa pode ser discutida aqui... sem censura...
    Lembrando Voltaire "Posso não concordar com nenhuma das palavras que você disser, mas defenderei até a morte o direito de você dizê-las."

    ResponderExcluir