sexta-feira, 17 de junho de 2011

Clock

Por que falo com esses elementos?
São placas de fibra de vidro e resina contendo trilhas e ilhas de cobre
Diversos componentes juntos, interligados, funcionando a 3, 5 e 12 volts!

Um fio, uma bobina, um ferrite
Eletrólito, silício, carvão e cobre os compõe

Uma caixa de metal os protege
Uma ou duas hélices os refrescam
E no final das contas tudo funciona no pulsar do clock

Em cada pulso, instruções e dados percorrem seus barramentos
Informações são acessadas a todo o momento

A cada tecla pressionada
A cada música escutada
A cada imagem visualizada...

E não é que funciona mesmo...

Mas eles são frios
São burros
Não falam comigo

Mas eu falo com eles
Programo suas tarefas
E eles me devolvem algo até, digamos... Útil!

Por mais que eu tente ensiná-los a sentir
Não conseguem...
Porque eles são máquinas, não são como você

Você me vê
Você me sente
Você me toca

Mesmo assim, não sei por que insisto em gostar deles...

(Diego V. Natividade)

Um comentário:

  1. Muito bacana esse cara!
    Diegão, esse é o caminho... escrever é se jogar no mundo, nas coisas, nos pequenos objetos, no abstrato..

    ResponderExcluir