segunda-feira, 4 de julho de 2011

Verdade

Se eu pudesse te dizer a verdade
Te ensinaria o sentido da vida
A escuridão se tornaria um clarão
E não haveria mais dragões no abismo

Se eu pudesse te dizer a verdade
Te explicaria a relatividade e metafísica
Te mostraria o padrão dos números primos
E a matemática soaria como uma orquestra

Se eu pudesse te dizer a verdade
Te levaria ao mundo quântico
Quebraria a luz
E te levaria a outras dimensões

Se eu pudesse te dizer a verdade
Cantaria em seu ouvido a mais bela música
Tacaria minha harpa
Com modos gregos e acordes dissonantes

Se eu pudesse te dizer a verdade
Eu me expressaria, me explicaria...
E também te entenderia
Seria fácil se eu pudesse te dizer a verdade!

Mas você não me ouve
Porque você não existe
É fruto da minha imaginação
É uma teoria infundada
É sem explicação


(Diego V. Natividade)

Nenhum comentário:

Postar um comentário