quinta-feira, 19 de abril de 2012

Virtualidade Real

Sinos, cones, semáforos...
Aqui não tem nada disso
Correm sem direção
Em uma terra sem lei

Rodam seus roteiros
E contaminam seus amigos
Ninguém escapa!

Com seus navios supersônicos
Navegam como loucos
Nesse mar de conhecimento
Onde toda informação é eterna

Viajando nesse hiperplano
Seguindo esse hipertexto
Através dessa hipermídia

Transcendendo dimensões
Transmudando direções
Vou a qualquer lugar!

Essa transculturalidade me assusta...

(Diego V. Natividade)